7 Atitudes que podem prevenir o infarto

23 de outubro de 2017

O programa Life’s Simple 7, é uma iniciativa da Associação Americana do Coração (AHA, na sigla em inglês) que tem como principal objetivo reduzir em 20% o número de eventos cardiovasculares até 2020.

O programa desenvolvido pelos pesquisadores, baseia-se numa revisão de estudos da Universidade Johns Hopkins com base na observação de pacientes que adotaram as premissas do programa. No estudo, surgiram 7 atitudes adotadas pelos pacientes que auxiliaram a prevenir doenças do coração. Saiba quais são essas atitudes a seguir:

  1. 1. Controlar a pressão arterial.
    A pressão alta causa um aperto nos vasos, o que exige esforço extra do músculo
    cardíaco para bombear o sangue. Portanto, mantê-la em um nível normal, como 12
    por 8, é uma boa forma de reduzir o risco de ataques cardíacos. Ingerir menos sal e perder alguns quilos ajudam a controlar a pressão arterial. Lembre- se: sempre é necessário acompanhamento médico para não correr riscos.
  2. 2. Controlar o nível de colesterol.
    Manter uma dieta balanceada e praticar exercícios regularmente são dicas que devem ser adotadas como regras no dia-a- dia para controlar o colesterol e suas frações.
  3. 3. Evitar o excesso de açúcares.
    Controlar a glicemia e manter os hábitos saudáveis também ajudam a manter a saúde do seu coração.
  4. 4. Praticar atividades físicas.
    Reservar alguns minutos do dia para praticar exercícios físicos ajudam tanto a equilibrar sua saúde mental, quanto a saúde do seu corpo, evitando o acúmulo dos quilinhos indesejados.
  5. 5. Ter uma alimentação saudável.
    Adotar um cardápio com frutas e verduras ajuda a manter o seu coração forte e saudável.
  6. 6. Manter o peso ideal.
    Manter o seu peso ideal te ajuda a equilibrar a saúde do seu corpo, evitando o acúmulo de gordura no coração, colesterol e pressão elevada, por exemplo.
  7. 7. Evitar o tabagismo.
    A nicotina dos cigarros pode estreitar veias e artérias, aumentando o risco cardíacos em fumantes. Portanto, evite esse vício.

Fonte: Saúde Abril