Exames

Balão intragástrico

O que é?

 

  • Procedimento seguro, confiável e eficaz.
  • Não é necessária a internação ou afastamento da rotina do paciente.
  • O balão é feito de silicone, com volume entre 400ml e 700ml.
  • O sucesso depende da mudança de hábitos de vida do paciente.

 

AGENDE SEU ATENDIMENTO

O Balão Intragástrico foi projetado para induzir a sensação de saciedade precoce, proporcionando uma redução na ingestão alimentar, facilitando o aprendizado de novas rotinas de alimentação.

Consiste em um casulo de silicone, com sistema valvular, introduzido no estômago por meio de endoscopia. Foi projetado para permanecer na câmara gástrica por um período de até seis meses. É preenchido com solução salina e azul de metileno, com um volume de até 700mL.

Durante o período do tratamento é necessário acompanhamento multidisciplinar com o intuito de mudar hábitos alimentares e rotinas do paciente. Nutricionista, psicóloga e educador físico são fundamentais para o sucesso do treinamento de reeducação, tanto alimentar como comportamental.

O Balão Intragástrico está indicado para pacientes com IMC a partir de 27 kg/m2, ou seja, pacientes com sobrepeso. Para realização do procedimento não é necessário internação e nem afastamento da rotina.

Emagrecer é um desejo da maioria das pessoas. E quando envolve a saúde, o desejo se torna necessidade. Muitos tentam perder peso, mas não conseguem. Sabemos da dificuldade. Para isso, existe o procedimento Balão Intragástrico, que funciona como um indutor de saciedade. Procedimento no qual coloca-se, por endoscopia, um balão de silicone no estômago, reduzindo o espaço para o alimento.

Vídeos Relacionados


 

Tipos de Paciente

Recomendações

Tempo de Treinamento

Como Funciona

IMC

AGENDE SEU ATENDIMENTO

João Paulo Aguiar Ribeiro

CRM: 9886

  • Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Ceará;
  • Residência Médica em Cirurgia Geral;
  • Especialização em Endoscopia Diagnóstica e Terapêutica no Serviço de Endoscopia Gastrointestinal do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP;
  • Mestrado em Ciências da Gastroenterologia pela Universidade de São Paulo;
  • Membro Titular da Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (SOBED);
  • Diretor Técnico Responsável na Première Medicina e Saúde;
  • Master of Business Administration (M.B.A.) Executivo na COPPEAD – UFRJ.

Outros Exames